Chile: vulcão Calbuco não deve ter outra grande erupção

Autoridades reduziram a probabilidade de mais uma grande erupção do vulcão Calbuco, embora ele tenha permanecido ativo neste sábado e as nuvens de cinzas já ejetadas tenham provocado cancelamentos de mais voos.

AE, Estadão Conteúdo

25 de abril de 2015 | 20h48

Rodrigo Alvarez, chefe do Serviço Nacional de Mineração e Geologia do país, disse à rede de televisão TVN que a atividade sísmica do Calbuco mudou e que os especialistas já não esperam qualquer erupção adicional que exceda as de quarta-feira e quinta-feira. Alvarez ressaltou, entretanto, que o vulcão deve continuar ativo e novas erupções ainda são possíveis.

Alguns voos foram cancelados neste sábado, com as cinzas do Calbuco distribuídas pela metade do sul da América do Sul, embora a maioria dos voos não tenha sido afetada.

Mais de 6 mil pessoas foram evacuadas da região, e as autoridades estão mantendo a zona de exclusão de 20 quilômetros em torno do vulcão. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.