Chileno de 16 anos mata irmão em briga por videogame

Um jovem de 16 anos matou com uma faca seu irmão mais velho, após uma discussão sobre o uso de um videogame "PlayStation", informou a polícia nesta quarta-feira. Manuel González Muñoz, de 18 anos, ligou o videogame sem a permissão do irmão. O menino mais novo ficou furioso e acabou dando uma facada no tórax do irmão, segundo a polícia. Opazo afirmou que o jovem está arrependido e somente disse que "havia exagerado".

AE-AP, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 15h23

O menor, não identificado, foi acusado por homicídio e pode pegar de três a cinco anos de prisão. No momento, o ele está em uma sede do Serviço Nacional de Menores (Sename). O responsável pelas investigações, Gilberto Opazo, chefe da Brigada Metropolitana de Homicídios, disse que se trata de "dois jovens em risco social", que permaneceram dez anos em uma sede do Sename.

Os dois foram retirados de lá pela belga Valerie Michael, numa adoção. No momento da briga que acabou em morte, ela estava em seu país de origem.

Tudo o que sabemos sobre:
Chileirmãomortebrigavideogame

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.