China: 5 mortos em passagem de tufão

Pelo menos cinco pessoas morreram na passagem do tufão Fitow pelo sudeste da China. A tempestade levou ventos fortes e chuvas torrenciais à região nesta segunda-feira, causando a interrupção do fornecimento de energia, o cancelamento de voos e a suspensão de serviços ferroviários.

AE, Agência Estado

07 de outubro de 2013 | 13h08

O tufão Fitow atingiu em cheio a cidade de Fuding, na província de Fujian, com ventos de até 151 quilômetros por hora nas primeiras horas da manhã de hoje. Em seguida, perdeu força e transformou-se em tempestade tropical, informou o Centro Meteorológico Nacional.

Mais de meio milhão de pessoas foram retiradas de suas casas e barcos de pesca foram chamados de volta para a praia depois que autoridades emitiram um alerta vermelho no domingo, quando o tufão se aproximava da China continental.

De acordo com o governo da província de Zhejiang, vizinha de Fujian, 574 mil pessoas foram retiradas e 35.800 embarcações retornaram à costa no domingo. O governo de Fujian, por sua vez, informou que 177 mil pessoas haviam sido transferidas por segurança e que cerca de 30 mil barcos de pesca voltaram para a costa.

Houve corte de energia nas cidades da província de Zhejiang, enquanto os serviços de transporte ferroviário de alta velocidade na região foram suspensos. De acordo com agência de notícias Xinhua, pelo menos 27 voos que sairiam do aeroporto de Wenzhou, em Zhejiang foram cancelados.

As cinco mortes ocorreram em cidades da província de Zhejiang. Quatro pessoas estão desaparecidas na província.

O prejuízo em Fujian e Zhejian é calculado em 12 bilhões de yuans, equivalente a cerca de US$ 2 bilhões. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinatufão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.