China acusa cidadão americano de espionagem

O cidadão americano nascido na China, LiShaomin, preso em 25 de fevereiro na cidade chinesa de Shenzen,foi formalmente acusado hoje de espionar para Taiwan,informou a embaixada dos EUA. Li, professor da Universidade de Hong Kong, é um dos váriosacadêmicos chineses naturalizados americanos detidos na Chinanos últimos meses. Os EUA manifestaram sua preocupação e indicaram quecontinuarão pedindo ao governo chinês a libertação em breve doprofessor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.