China acusa Japão de tornar ilhas 'assunto quente'

A China acusou hoje o Japão de distorcer os fatos em torno da questão das disputadas ilhas do Mar da China Oriental, um mês após uma embarcação de pesca chinesa colidir com dois barcos da Guarda Costeira japonesa na área. O capitão do barco chinês foi preso por um período, gerando tensão diplomática entre as duas partes.

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 12h31

O ministro assistente das Relações Exteriores da China Hu Zhengyue disse a jornalistas que o Japão estava transformando as ilhas em um "assunto quente". A declaração foi dada no intervalo de um encontro regional da Ásia.

Os ministros das Relações Exteriores de Japão e China se encontraram mais cedo hoje, em uma tentativa de reparar a relação após a disputa. As relações diplomáticas entre as duas nações atingiram seu ponto mais baixo em cinco anos por causa dessa disputa. A China ressaltou novamente sua soberania sobre as ilhas, conhecidas como Senkaku no Japão e como Diayu na China. A cadeia de ilhas é controlada atualmente pelo Japão, mas reivindicada por Pequim e também por Taiwan. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaJapãodisputailhadiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.