China apreende animais de caça para deter Sars

O governo chinês anunciou nesta quarta-feira que mais quatro pessoas morreram em conseqüência da pneumonia asiática e mais nove casos de infecção foram detectado.As autoridades chinesas apreenderam hoje animais de caça, desde garças até serpentes, em vários mercados como parte de medidas para deter a epidemia da Síndrome Respiratória Aguda e Severa.Em Pequim, as autoridades fecharam, por falta de ventilação, 115 dormitórios e restaurantes construídos em velhos abrigos anti-aéreos.A epidemia de Sars deixou pelo menos 325 mortos e mais de 5.329 infectados. Em Guandong, local do primeiro caso em novembro, não registra nenhum novo infectado há uma semana.As autoridades da província também proibiram a comercialização de animais silvestres esta semana, após pesquisas mostrarem que o vírus poderia ser transmitido de um animal, o gato almiscareiro, consumido como iguaria no sul da China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.