China apresenta prováveis sucessores de presidente e premiê

Xi Jinping e Li Keqiang são os novos membros mais jovens do Comitê Permanente do Partido Comunista chinês

Reuters,

22 de outubro de 2007 | 11h28

O Partido Comunista Chinês (PCC) apresentou nesta segunda-feira, 22, a composição de sua nova liderança, incluindo dois dirigentes cotados para eventualmente suceder ao presidente Hu Jintao e ao primeiro-ministro Wen Jiabao.   Veja também: Presidente quer ampliar democracia no PC Hu Jintao ganha 2.º mandato à frente do PC O Congresso do Partido Comunista Chinês   Xi Jinping, atual dirigente do PCC de Xangai, e Li Keqiang, ex-chefe do partido na província de Liaoning (nordeste), ascenderam ao Comitê Permanente do Politburo, principal instância de poder no regime, com nove integrantes.   Embora Xi, de 54 anos, e Li, de 52, não tenham sido abertamente designados para substituírem Hu e Wen dentro de cinco anos, sua idade e seu status não deixam dúvidas sobre seu favoritismo. Xi é o mais cotado para substituir Hu como presidente, principal cargo do país.   "Xi Jinping e Li Keqiang são dois camaradas bastante jovens", disse Hu ao apresentar os novos dirigentes do Comitê Permanente. A maneira como foram introduzidos para centenas de repórteres e fotógrafos sublinha, da maneira cuidadosa de Hu, que ambos são seus escolhidos para a sucessão, que acontecerá em 2012.   A ascensão dos dois jovens dirigentes e a saída do vice-presidente chinês Zeng Qinghong - inimigo do presidente que não conseguiu ser reeleito para o Comitê Central do partido numa votação no domingo, 21 - é um sinal de que Hu conseguiu ampliar seu poder, livrando-se aparentemente da influência deixada por seu antecessor, Jiang Zemin.   Ainda assim, o passado dos novos membros do Comitê Permanente do PCC indicam que Hu continuará tendo que fazer algumas concessões a inimigos caso queira manter-se forte no poder.   Disputa   Isso porque, dos quatro novos membros do Comitê Permanente, apenas um - Li - é um político diretamente ligado a Hu.   Filho de um antigo dirigente do PC chinês e influente na província mais próspera do país, Xangai, Xi é visto como um aliado tanto de Hu quanto de Jiang.   Durante a apresentação dos nove novos membros do Comitê Permanente, Xi foi o primeiro a adentrar no Grande Salão do Povo, num claro sinal de que é o favorito a substituir Hu na presidência em 2012.   "Xi apareceu em primeiro lugar (após a votação), então isso sugere que ele tem uma chance maior de se tornar o secretário-geral do partido, mas há muitos fatores que podem mudar em cinco anos", disse Zhang Zuhua, ex-funcionário do regime.   Os dirigentes foram escolhidos numa votação rigidamente controlada do Comitê Central do Partido, cujos 204 membros foram eleitos no domingo, ao final do Congresso qüinqüenal do PC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.