China: Bo Xilai recorrerá de condenação

O ex-líder político Bo Xilai notificou a Justiça chinesa que recorrerá da condenação à prisão perpétua emitida contra ele no fim de semana, informou uma fonte no sistema judiciário da China.

AE, Agência Estado

23 Setembro 2013 | 13h09

"Ele informou ao tribunal que vai recorrer da sentença", disse a fonte nesta segunda-feira, confirmando a expectativa de que Bo Xilai tentaria prolongar o processo que levou a sua ruína na política nacional.

No domingo, o Tribunal Intermediário de Jinan, no leste da China, sentenciou Bo a prisão perpétua. Ele havia sido considerado culpado de recebimento de suborno, desvio de dinheiro e abuso de poder. Bo Xilai nega as acusações.

O resultado do julgamento encerra precocemente a carreira política do ex-líder do Partido Comunista Chinês.

Bo Xilai se viu envolvido em um escândalo de grandes proporções após um ex-auxiliar contar a diplomatas norte-americanos que sua mulher, Gu Kailai, assassinou um empresário britânico.

O caso desencadeou uma das maiores crises políticas das últimas décadas na China. Administrar as divergências entre aliados e adversários de Bo Xilai tem sido um dos principais desafios do presidente da China, Xi Jinping, em seu primeiro ano no cargo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
ChinaBo Xilaicondenação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.