China busca helicóptero que caiu com sobreviventes do tremor

Equipamento transportava soldados e desabrigados quando desapareceu em região remota no últimos sábado

Agência Estado e Associated Press,

02 de junho de 2008 | 09h21

Milhares de soldados chineses percorriam uma remota região montanhosa da província de Sichuan nesta segunda-feira, 2, como parte das buscas por um helicóptero militar que caiu enquanto transportava vítimas do terremoto de 12 de maio.   Veja também: Mapa da destruição na China  Entenda como acontecem os terremotos  Especial: antes de depois da tragédia    O helicóptero, um Mi-171 de fabricação soviética, levava 19 pessoas a bordo, inclusive 14 feridas no catastrófico abalo sísmico do mês passado, informou a mídia estatal chinesa. A aeronave caiu no sábado em meio à neblina e a uma intensa turbulência nas proximidades de Wenchan, perto do epicentro do terremoto de 7,9 graus na escala Richter que provocou a morte de dezenas de milhares de pessoas em 12 de maio.   O helicóptero havia acabado de deixar quatro membros de uma equipe de prevenção de epidemias no povoado de Lixian, informou o jornal Diário da China. A emissora estatal CCTV informou no noticiário da hora do almoço que cerca de 4 mil soldados participavam das buscas, mas não havia informações mais detalhadas disponíveis.   De acordo com as cifras oficiais do terremoto, pelo menos 69 mil pessoas morreram e 5 milhões ficaram desabrigadas na tragédia. Mesmo 20 dias após o tremor, réplicas continuam a ser sentidas - só no sábado foram 191, segundo dados oficiais. Além disso, é grande o risco de transbordamento dos lagos formados pelos buracos criados pelo tremor. A magnitude de três destas últimas réplicas oscilou entre 4 e 4,9 graus na escala Richter.

Mais conteúdo sobre:
Chinaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.