China buscará estabilização de preços

O governo chinês disse, neste domingo, após conferência econômica, que dará maior prioridade para manter preços estáveis. Em comunicado divulgado por meio da agência oficial de notícias Xinhua, a China reitera que irá implementar política fiscal "ativa" e política monetária "prudente" no próximo ano.

NALU FERNANDES, Agência Estado

12 de dezembro de 2010 | 12h26

A política fiscal será utilizada para manter um crescimento estável e melhorar a estrutura da economia, segundo o documento. A China também gerenciará a liquidez para manter estabilidade geral e ajudar na reestruturação econômica, cita o comunicado. Mais crédito será direcionado para áreas rurais e pequenas e médias empresas, diz o comunicado.

O documento reitera o posicionamento frequentemente repetido sobre o yuan, dizendo que continuará aprimorando o mecanismo de taxa de câmbio e que manterá o yuan basicamente estável em uma taxa razoável.

O país também afirma que irá garantir um ambiente econômico saudável e estável no próximo ano, ao dizer que buscará melhor relação entre manter um crescimento estável e relativamente rápido, reestruturação econômica e gerenciamento das expectativas de inflação. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinainflaçãoestabilização

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.