China começa a testar em humanos vacina contra Sars

Cientistas chineses começaram a testar uma vacina contra a Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) em quatro voluntários do Hospital da Amizade Sino-Japonsa, em Pequim. É o primeiro teste do tipo em seres humanos. Os voluntários, com idades entre 20 e 29 anos, receberam injeções com a vacina neste sábado. Uma outra vacina contra a Sars já havia sido testada pelos EUA em animais, mas a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que a imunização segura e eficiente ainda levará dois anos para estar disponível. A vacina chinesa foi desenvolvida a partir de uma parceria do Ministério de Ciência e Tecnologia chinês e um laboratório local. A Sars surgiu na província chinesa de Guangdong, no final de 2002. Antes de ser controlada, em julho de 2003, matou 774 pessoas no mundo todo e infectou outras 8 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.