China começa obras para levar ferrovia à região do Everest

Extensão atravessará o cânion do rio Brahmaputra, um dos mais profundos do mundo

Efe,

26 de setembro de 2010 | 06h58

PEQUIM - A China começou neste fim de semana as obras de ampliação da linha de ferrovia Qinghai-Tibete, a mais alta do planeta e a única que chega ao "Teto do Mundo", a fim de estender seu percurso até a segunda maior cidade tibetana, Shigatse, próxima à base do monte Everest.

 

A nova extensão da linha, entre a capital regional (Lhasa) e Shigatse, terá 253 quilômetros e atravessará também o cânion do rio Brahmaputra, um dos mais profundos do mundo, informou a agência oficial Xinhua.

 

As obras demorarão quatro anos pra serem completadas, e nelas serão investidos cerca de US$ 1,950 bilhão.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaEverestferroviaBrahmaputraTibete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.