China completa 40 dias sem transmissões locais do novo coronavírus

Primeiro epicentro da covid-19 tem registrado apenas "casos importados", diagnosticados em viajantes do exterior

Redação - O Estado de S.Paulo

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você leu 4 de 5 matérias gratuitas do mês

ou Assinar por R$ 0,99

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar por R$ 0,99

PEQUIM - A Comissão Nacional de Saúde da China confirmou nesta sexta-feira, 25, que oito casos de infecção pelo novo coronavírus foram contabilizados nas últimas 24 horas no país, todos referentes a pessoas que o contraíram no exterior.

China registrou 85.322 casos do novo coronavírus desde o início da pandemia Foto: Tingshu Wang/Reuters

Com isso, chegou a 40 o número de dias em que a China não registra transmissões locais do vírus.

Os chamados "casos importados" foram diagnosticados em viajantes do exterior nas cidades de Xangai (4) e Pequim (1) e nas províncias de Guangzhou (2) e Sichuan (1).

As autoridades também disseram que o número de pessoas com covid-19 na China continental atualmente é de 166.

Como nenhuma morte pela doença foi relatada neste último balanço, o número de óbitos no país asiático desde o início da pandemia permanece em 4.634. Já o saldo total de pessoas diagnosticadas com covid-19 na China chegou a 85.322. /EFE

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato