China confirma oitavo caso de gripe suína

Autoridades locais de saúde pública confirmaram neste domingo (24) o oitavo caso de gripe suína na China. A paciente é uma menina de dois anos que chegou no início da semana passada de Nova York, fazendo escala em Hong Kong. Internada em um hospital na província de Fujian, a garota apresenta quadro estável. Foram colocadas em quarentena mais de 30 pessoas que estiveram perto dela durante o voo da Dragon Airlines entre Hong Kong e Changle, em Fujian.

Agencia Estado

24 de maio de 2009 | 04h46

Os sete outros casos confirmados na China são de três pessoas em Beijing, além de um na província de Sichuan, um na província de Guangdong e outro na província de Shandong. Na prevenção à gripe suína no País, foram reforçadas as quarentenas e checagens de temperatura para evitar um surto de infecção do vírus A(H1N1).

Em 2003, a atrasada resposta das autoridades locais ao surto de Síndrome Respiratória Severa Aguda (Sars, na sigla em inglês) fez a comunidade internacional responsabilizar o país pela epidemia global da doença. Agora, as autoridades chinesas querem evitar que ocorra o mesmo com a gripe suína.

Tudo o que sabemos sobre:
Gripe suínaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.