Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

China confirma sétima morte por gripe aviária

A China anunciou nesta segunda-feira a morte de mais uma pessoa contaminada pelo vírus da gripe aviária. No total, sete pessoas já morreram no país por conta do H7N9. Além disso, o número de infectados subiu para ao menos 23 - dois novos casos foram relatados na província de Jiangsu.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2013 | 13h01

Além do abate de animais, autoridades chinesas iniciaram uma campanha de vacinação na tentativa de controlar a doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) também enviou uma equipe à nação asiática para estudar o surto de gripe aviária.

Tanto a China quanto a OMS afirmaram que não há evidências de que o vírus seja transmitido entre humanos, o que o tornaria ainda mais perigoso. As autoridades dizem que o contágio ocorre quando se entra em contato diretamente com as aves.

"Este não é um momento para pânico", disse o representante da missão da OMS Michael O''Leary. Segundo ele, a China tem atuado e cooperado satisfatoriamente no controle do H7N9. "Estamos confiantes de que controlaremos esse surto." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinagripe aviáriamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.