China continuará restringindo especulação imobiliária

A China continuará restringindo a especulação no setor de imóveis nos próximos cinco anos, disse Qin Hong, vice-diretor do centro de pesquisa política do Ministério de Desenvolvimento Urbano e Rural, neste domingo. Qin, não forneceu detalhes, enquanto falava em um fórum.

NALU FERNANDES, Agência Estado

12 de dezembro de 2010 | 10h19

A China adotou várias medidas neste ano para restringir a especulação imobiliária e bolhas de preços de ativos, incluindo elevação de pagamentos iniciais, aumento das taxas de hipotecas e restrição de financiamento para compras adicionais de residências. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaimóveisespeculação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.