China defende continuidade das inspeções no Iraque

O ministro das Relações Exteriores da China, Tang Jiaxuan, disse ao Conselho de Segurança da ONU que o processo de inspeções no Iraque funciona, e que deve ser dado aos inspetores "o tempo que eles precisarem".Jiaxuan disse que é necessária a continuidade das inspeções, e o Conselho de Segurança tem de intensificar esse esforço. Ele declarou que "ainda há muito trabalho a fazer pelo Conselho de Segurança e os dois grupos de inspeções".O ministro chinês também disse que "nós somos obrigados a tentar o máximo e usar todas os meios possíveis para evitar a guerra". Jiaxuan disse que a "prioridade máxima" agora é fortalecer a orientação e o apoio às inspeções.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.