China defende cooperação com Japão em prevenção de desastres

Proposta segue linha marcada pelos presidentes dos dois países para o desenvolvimento da região Ásia-Pacífico

Efe,

15 de junho de 2008 | 02h57

A China defende o aumento da cooperação com o Japão em diferentes assuntos internacionais, incluindo a prevenção de desastres naturais, segundo publica neste domingo, 15, o jornal oficial China Daily. "A China quer aumentar a coordenação e a cooperação com o Japão em vários temas, entre os quais está a prevenção de desastres naturais, para beneficiar ambos os povos e os habitantes de toda a Ásia", declarou a porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores chinês, Jiang Yu. Jiang assegurou que esta proposta segue a linha marcada pelos presidentes do Japão e da China de realizar esforços pactuados para o desenvolvimento comum da região Ásia-Pacífico. Neste sentido, agradeceu ao país japonês e a seu Governo pela solidariedade e da assistência recebida após o terremoto do passado 12 de maio em Sichuan, que já soma quase 90.000 falecidos e desaparecidos. Além disso, Jiang informou que tanto o presidente da China Hu Jintao quanto o primeiro-ministro Wen Jiabao enviaram suas condolências no sábado ao Japão em motivo do terremoto que castigou o arquipélago. Pelo menos três pessoas morreram e mais de 120 ficaram feridos por um forte terremoto de 7,2 graus na escala Richter - o maior terremoto desde 2005 - que sacudiu no sábado o nordeste do Japão e que se pôde sentir também em Tóquio, 350 quilômetros da zona afetada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.