Kosuke Okahara/The New York Times
Kosuke Okahara/The New York Times

China defende patrulhas na área de ilhas disputadas com Japão

Cada país reivindicou a soberania sobre a região após embarcações dos dois lados se encontrarem

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2012 | 10h22

PEQUIM - Pequim defendeu nesta quarta-feira, 31, o aumento de patrulhas perto das ilhas disputadas no Mar do Leste da China controladas pelo Japão, mantendo alta a tensão regional. As ações são "patrulhas de rotina e implementação da lei nas águas territoriais chinesas ao redor das ilhas Diayou", disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, Hong Lei.

As ilhas são conhecidas como Senkaku em japonês. "Foi uma atividade normal para exercer jurisdição e não merece críticas", afirmou o porta-voz.

As declarações aconteceram após um encontro de embarcações chinesas e japonesas perto das ilhas nesta quarta-feira. Cada lado reafirmou sua reivindicação de soberania e o incidente terminou quando os navios se dispersaram, disse a guarda costeira do Japão.

A China enviou barcos para a área diversas vezes após o Japão ter nacionalizado algumas das ilhas em setembro.

Com AP

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaJapãosoberania de ilhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.