China desperdiçou US$ 3,6 bi

Agências, departamentos e comissões do governo chinês desperdiçaram ou usaram inadequadamente US$ 3,6 bilhões em 2006, indicou uma auditoria divulgada ontem. A investigação foi realizada pelo governo em meio a uma campanha contra a corrupção e, segundo ela, poucas das 53 agências do governo estavam com suas contas em ordem. "No final de 2006, cerca de US$ 17,5 milhões da verba do Ministério das Finanças não haviam sido usados adequadamente", indicou a pesquisa, conduzida pelo auditor-chefe Li Jinhua. Segundo ele, o ministério também não havia prestado contas de outros US$ 21 milhões em projetos já completados. Até mesmo o banco central chinês é acusado de manter um caixa 2. O Banco Popular da China não prestou contas de US$ 19 milhões em aluguel recebido desde 1997 de um edifício em Pequim do qual é proprietário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.