China destinará US$ 10,7 mi a empresas tecnológicas do país

Em 2006 o investimento em pesquisa e desenvolvimento alcançou na China um recorde de US$ 38,5 bilhões

EFE

14 de outubro de 2007 | 06h58

O China Development Bank (CDB, Banco de Desenvolvimento da China), um dos três braços financeiros do Governo chinês, destinará US$ 10,7 bilhões ao desenvolvimento e inovação de firmas de alta tecnologia, informou neste domingo o Centro de Informação de Internet da China. O fundo será destinado a estas empresas nos próximos cinco anos, segundo um memorando de entendimento assinado entre o CDB e a Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento (principal órgão de planejamento econômico). A inovação tecnológica, os projetos de grande calado e o desenvolvimento das pequenas e médias empresas de alta tecnologia serão os objetivos deste fundo. Além disso, do apoio governamental, o projeto conta com outras vias de financiamento, como capitais de risco, empréstimos bancários e cotações em bolsa. Em 2006 o investimento em pesquisa e desenvolvimento alcançou na China um recorde de US$ 38,5 bilhões, 22% a mais que no ano anterior, e representou 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB).

Tudo o que sabemos sobre:
China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.