China destinará US$23 milhões a segurança nuclear em 2011

A China destinará 150 milhões de iuans (23 milhões de dólares) este ano em segurança nuclear, informou a agência de notícias estatal Xinhua neste sábado, em meio às preocupações globais quanto ao setor após a crise desencadeada pelo terremoto no Japão.

REUTERS

14 de maio de 2011 | 10h06

No ano passado, o orçamento do Ministério de Proteção Ambiental não incluía projetos de segurança nuclear, segundo a agência.

O Ministério destinará os recursos ao monitoramento de radiação no país, reavaliação da tecnologia existente em instalações nucleares e supervisão de plantas privadas.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse na terça-feira que países que utilizam energia nuclear devem garantir que seus reatores foram construídos para resistir a desastres como o ocorrido no Japão.

(Por Kazunori Takada)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAINVESTENUCLEAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.