China deve vacinar 90 mil pombos contra gripe aviária

Uma associação de defensores de pombos planeja vacinar até 90 mil aves do leste da China para ajudar a afastar a propagação da mais recente onda de gripe aviária.

AE, Agência Estado

09 de abril de 2013 | 02h37

Pombos se tornaram uma fonte de preocupação depois que uma destas aves foi encontrada infectada com o vírus H7N9 da gripe aviária em Xangai. Pelo menos 24 pessoas foram infectadas e sete delas morreram neste novo surto da doença.

A Hangzhou Carrier Pigeon Association disse na segunda-feira que utilizará uma

vacina diferente contra a gripe na unidade de vacinação uma vez que não existe nenhuma específica para o H7N9.

Além de vacinas, o grupo anunciou a suspensão de concursos de corrida e disse a seus membros que se prepararem para manter seus pombos enjaulados por um a dois meses. Criar pombos-correio é um hobby comum na China. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
chinagripe aviáriavacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.