China deverá promover jovem promissor ao antigo reduto de Bo Xilai

A China deve promover duas estrelas ascendentes e possíveis futuros líderes nacionais no congresso do Partido Comunista que começa na próxima semana, um deles tomando o antigo emprego do humilhado Bo Xilai em uma das maiores metrópoles do país, disseram fontes.

Reuters

02 de novembro de 2012 | 15h58

A cidade de Chongqing, no sudoeste do país, que ficou atônita após o surgimento de um escândalo de corrupção e assassinato, deve ir para Sun Zhengcai, um antigo ministro da agricultura e atualmente chefe do partido na fria província de Jilin, no nordeste do país.

A província de Guangdong, uma potência exportadora do sul da China, que está enfrentando uma desaceleração econômica devido a problemas globais e crescentes tensões sociais, deve ser provavelmente passada para o atual chefe do partido na Mongólia Interior, Hu Chunhua, disseram à Reuters fontes com relação com as lideranças.

No passado, a China já preparou potenciais futuros líderes colocando-os como chefe do partido, a posição mais poderosa, de uma série de províncias, onde líderes mais antigos podem acompanhar as performances dos mais jovens em papéis com responsabilidades crescentes.

Xi Jinping, que aguarda para assumir a liderança do país, foi ganhando experiência desde um posição inferior na árida província de Hebei até as ricas províncias costeiras de Fujian e Zhejiang e eventualmente como chefe do partido em Xangai.

"Hu Chunhua e Sun Zhengcai são muito jovens e estão sendo preparados para se tornarem a sexta geração de líderes (do país)", depois dos governos liderados por Mao Tse-Tung, Deng Xiaoping, Jiang Zemin, Hu Jintao e o futuro presidente Xi, disse uma fonte à Reuters, pedindo anonimato para prevenir repercussões ao discutir a secreta política da alta cúpula.

(Reportagem de Benjamin Kang Lim e Ben Blanchard; Reportagem de adicional de Sui-Lee Wee)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAPARTIDOLIDERES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.