China diz em nota que repudia todo tipo de terrorismo

A nota oficial chinesa sobre o ataque americano veio no mesmo momento em que também se manifestavam os governos ocidentais: "A China opõe-se a todas as formas de terrorismo, esperando que a Paz seja restabelecida o mais depressa possível e que o ataque americano evite atingir civis inocentes." No momento do ataque já era madrugada em Pequim, com pouquíssimas pessoas circulando por suas ruas, mas momentos antes podia-se ver a euforia do povo chinês comemorando a classificação da sua seleção nacional para a Copa Mundial de Futebol. As televisões chinesas não levaram ao ar as imagens dos ataques por já estarem fora do ar. Somente o canal destinado ao público que fala inglês mostrou exatamente o que era visto em outras emissoras. As ruas que dão acesso à embaixada americana e à residência do embaixador já haviam sido bloqueadas durante a última semana. O efetivo militar também foi reforçado.

Agencia Estado,

07 Outubro 2001 | 17h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.