China diz que não devolverá norte-coreano capturado

A China recusou hoje um pedido de Seul para que devolva um homem norte-coreano capturado ontem em sua embaixada de Pequim. Um porta-voz da Chancelaria chinesa rejeitou também acusações da Coréia do Sul, segundo as quais a China teria violado leis internacionais quando agentes chineses retiraram o homem de dentro do prédio da representação diplomática sul-coreana.Em Washington, o vice-secretário de Estado Richard Armitage afirmou que a atitude chinesa "parece contradizer toda a etiqueta diplomática". Segundo Armitage, tais ações violam acordos das Nações Unidas sobre refugiados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.