China diz que outro jato da Embraer derrapou

Três dias após tragédia que deixou 43 mortos, agência oficial noticia derrapagem de mais um avião da fábrica brasileira

EFE e AP, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2010 | 00h00

Um avião Embraer E-190 - mesmo modelo da aeronave que esta semana acidentou-se no nordeste da China matando 43 pessoas e deixando 54 sobreviventes - saiu da pista de aterrissagem no aeroporto Wuxu, na cidade de Nanning, de acordo com a agência oficial de notícias Nova China.

O incidente, que ocorreu na quarta-feira, interrompeu durante uma hora o tráfego aéreo, mas não causou vítimas, segundo informações dos responsáveis pelo aeroporto à agência chinesa.

O avião, pertencente à companhia aérea Tianjin Airlines, voava de Xian, no centro da China, para Haikou, no sul, com escala em Nanning. O acidente teria ocorrido na quarta-feira, mas as autoridades só divulgaram informações sobre o ocorrido na noite de quinta-feira.

A cidade de Nanning sofre esta semana os efeitos da tempestade tropical Mindulle e, por isso, a pista de aterrissagem estava molhada, o que pode ter contribuído para a derrapagem.

O avião que sofreu o acidente na terça-feira também havia derrapado na aterrissagem, antes de se partir em dois e pegar fogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.