China doa US$ 2,5 milhões para a Autoridade Palestina

A China doou US$ 2,5 milhões à Autoridade Palestina, liderada por Yasser Arafat, para a reconstrução de casas destruídas pelas forças israelenses, informou hoje a agência de notícias oficial Nova China. A agência disse que o acordo foi assinado ontem na cidade de Gaza pelo ministro do Planejamento palestino, Nabil Shaath, e pelo representante da China junto à Autoridade Palestina, Wu Jiuhong. "A China tem dado apoio econômico e político aos palestinos desde o início da década de 60", afirmou Wu, segundo a Nova China. Mesmo assim, Pequim tenta se mostrar imparcial na região do Oriente Médio, e pediu que ambos os lados abandonem a violência e negociem um acordo de paz.

Agencia Estado,

11 Dezembro 2002 | 16h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.