China e Rússia discutem relações com EUA

Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da China, Jiang Zemin, discutiram os laços bilaterais entre seus países e planos para desenvolver um relacionamento construtivo com os Estados Unidos durante conversa telefônica nesta segunda-feira, informou o Kremlin. A conversa também envolveu os preparativos para a planejada viagem de Jiang à Rússia, no próximo mês, informou a assessoria de imprensa do governo russo por meio de um comunicado. Jiang e Putin reuniram-se em Xangai na semana passada, durante um encontro do grupo de países conhecido como os Cinco de Xangai, que também inclui as repúblicas centro-asiáticas de Casaquistão Quirguistão e Tadjiquistão.Outra ex-república soviética situada na Ásia Central, o Usbequistão, uniu-se ao grupo como sexto membro durante a reunião. Durante o telefonema, Putin contou a Jiang sobre sua conversa com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante o fim de semana, informou o Kremlin. "O presidente russo enfatizou a existência de perspectivas reais para um diálogo construtivo e significativo com George Bush", dizia o comunicado. Nos últimos anos, a Rússia buscou a construção de relações com a China, em parte para contrabalançar a perceptível dominação norte-americana nas questões internacionais. Rússia e China também estão unidas na oposição aos planos dos Estados Unidos referentes à construção de um escudo nacional de defesa antimísseis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.