China e Taiwan autorizam vôo direto para salvar turista

As autoridades de aviação civil da China e de Taiwan autorizaram um avião chinês a voar da cidade chinesa de Changsha a Kaohsiung para poder salvar a vida de um turista, informa neste sábado a imprensa oficial.Em vôo de emergência, um Airbus 320 da linha aérea taiuanesa TransAsia Airways viajou de Taiwan a Changsha, onde um turista da ilha tinha sofrido uma hemorragia cerebral.Ye Api, de 76 anos, sofreu a hemorragia em 25 de novembro, e teve que ser hospitalizado em Changsha durante uma semana. Ele ainda está em processo de recuperação.Devido ao permanente conflito entre os dois países, normalmente os viajantes taiuaneses que visitam a China chegam em vôos que fazem escala em Hong Kong e Macau, atrasando a viagem em mais de duas horas. No caso, segundo os médicos, a demora poderia ser fatal paraYe.China e Taiwan haviam concordado com a possibilidade de vôos de urgência em 14 de setembro. Há dois anos, os governos chinês e taiuanês permitem vôos diretos, sem escala em Hong Kong e Macau, para cidadãos taiuaneses nas principais festas do calendário oriental, como o Ano Novo Lunar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.