China e Taiwan fazem exercícios de resgate conjuntos pela 1ª vez na história

Trabalhos contarão com a participação de 400 pessoas, em 14 navios de resgate e três helicópteros

Efe

16 de setembro de 2010 | 05h33

PEQUIM - As autoridades chinesas e taiwanesas iniciaram nesta quinta-feira, pela primeira vez em sua história, testes de resgate conjuntos por terra, mar e ar no estreito de Taiwan, informou o jornal Xin Beijing.

As manobras, na cidade de Xiamen, na província chinesa de Fujian, e Jinmen, na ilha de Taiwan, abrangerão uma superfície total de 6,2 quilômetros quadrados.

Segundo o jornal, os trabalhos, que terão participação de 400 pessoas, serão realizados com 14 navios de resgate e três helicópteros.

O diretor do Centro de Resgate Marinho da China, Zhai Jingang, assinalou que "o objetivo das manobras é fortalecer a comunicação entre os diferentes departamentos de resgate das duas partes e elevar a capacidade de reação nos casos de emergência".

Taiwan e China estiveram governados separadamente desde o fim do conflito civil em 1949, mas Pequim considera a ilha como parte de seu território e não reconhece sua soberania.

Tudo o que sabemos sobre:
China, Taiwan, resgate, exercícios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.