China e Vietnã se preparam para chegada de tufão

Rammasun deve atingir a ilha de Hainan e a província de Guangdong no fim da tarde

AE, Agência Estado

18 de julho de 2014 | 02h45

O sul da China e o Vietnã se preparam para a chegada do tufão Rammasun, após a tempestade ter deixado ao menos 54 mortos nas Filipinas.

O tufão deve atingir a ilha de Hainan e a província de Guangdong no fim da tarde de sexta-feira. A agência estatal de notícias Xinhua News informou que o tufão deve registrar ventos de até 180 quilômetros por hora, sendo que esse pode ser o tufão mais forte em 40 anos a atingir Hainan, local que atrai milhões de turistas todo ano.

O site local Hainan Net informou que serviços de ferry para a porção continental da China e serviços de trem na parte leste da ilha foram suspensos. Após passar por Hainan, o tufão deve prosseguir para o Vietnã.

O tufão Rammasun atingiu as Filipinas na quarta-feira, forçando meio milhão de moradores a deixarem suas casas. O fenômeno natural também derrubou o fornecimento de energia elétrica em várias províncias. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinavietnãtufão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.