China empresta US$ 4 bilhões para setor petrolífero

A China assinou ontem um acordo para investir US$ 4 bilhões na indústria de petróleo da Venezuela. O objetivo do empréstimo é elevar a produção diária do produto por empresas chinesas e venezuelanas de 100 mil para 330 mil barris por dia. De acordo com o ministro da Energia da Venezuela, Rafael Ramirez, o financiamento será pago em petróleo. Com uma demanda cada vez maior por commodities, Pequim é um dos maiores financiadores de Caracas. Nos últimos anos, o país já emprestou US$ 32 bilhões à Venezuela. Ainda segundo o ministro, a produção de petróleo de empresas chinesas deve atingir 1,1 bilhão de barris por dia até 2014. O aumento da receita petrolífera é uma das apostas do presidente Hugo Chávez para vencer as eleições de 2012. / AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.