China envia frota para região disputada com Japão

A China enviou hoje navios de guerra e aviões para o Mar da China Oriental, demonstrando força em exercícios militares que podem acirrar a disputa territorial com o Japão. No mês passado, o governo japonês decidiu formalmente nacionalizar as ilhas Senkaku (ou Diaoyu, como as ilhotas são conhecidas na China). Isso provocou protestos anti-Japão na China e atingiu as vendas de produtos manufaturados japoneses.

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2012 | 08h57

Uma frota de 11 navios, incluindo alguns navios de guerra, juntamente com oito aeronaves, foi despachada para as águas da costa leste, no ato mais conflituoso de Pequim nessa disputa em foram congeladas as relações entre as duas potências regionais.

Os exercícios militares de um dia foram anunciados ontem, em um despacho da agência oficial de notícias Xinhua, que o Ministério da Defesa da China também postou em seu próprio site. O exercício visa melhorar a preparação da China para "salvaguardar a soberania territorial e interesses marítimos", de acordo com um comunicado da frota do Mar da China Oriental, citado pela Xinhua. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaJapãoilhasdisputa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.