China envia navios ao Vietnã para resgatar trabalhadores

Dois navios da China ancoraram no Vietnã nesta segunda-feira para resgatar trabalhadores chineses após os violentos protestos da semana passada, afirmaram funcionários de um porto vietnamita, que não quiseram ter os nomes publicados porque não estão autorizados a falar com a imprensa.

AE, Agência Estado

19 Maio 2014 | 02h00

Eles afirmaram que as embarcações têm capacidade para transportar mil passageiros cada e chegaram a Vung Ang na manhã desta segunda-feira. Thai Tran Linh, um funcionário do governo em Ha Tinh, disse que as embarcações estão ancoradas perto do porto e finalizando as questões regulatórias para atracar no estaleiro.

O porto de Vung Ang faz parte de um grande complexo siderúrgico de Taiwan, 250 quilômetros ao sul de Hanói.

Os protestos da semana passada, com o ataque a várias fábricas e parques industriais, resultaram na morte de dois trabalhadores chineses e em 140 feridos. Muitas instalações atacadas pertencem a outros países asiáticos, mas aparentemente foram alvo por engano ou por gangues com a intenção de saquear.

A insatisfação popular contra os chineses teve início após Pequim enviar uma grande sonda de exploração de petróleo a uma região do Mar do Sul da China que é reclamada pelo Vietnã. Os dois países enviaram navios ao local e continuam em um tenso impasse, elevando o temor de um possível conflito.

Não há protestos violentos desde quinta-feira, e muitos chineses já saíram do país por conta própria. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
China vietnã

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.