Nguyen Minh/Reuters
Nguyen Minh/Reuters

China envia navios para patrulhar ilhas disputadas com Japão

Em fevereiro, Trump reafirmou aliança militar entre Tóquio e Washington

O Estado de S.Paulo

01 de março de 2017 | 05h19

PEQUIM - A China enviou nesta quarta-feira, 1º, três navios de guarda-costas para patrulhar as proximidades de um arquipélago cuja soberania é disputada com Japão e protegido por uma aliança militar entre Tóquio e Estados Unidos, como recordou no mês passado o presidente Donald Trump.

"Em 1º de março pela manhã, três navios da guarda costeira chinesa efetuaram uma patrulha nas águas territoriais das ilhas Diaoyu, pertencentes à China", anunciou a Administração Oceânica chinesa em um comunicado.

Este tipo de incursões tende a causar protestos por parte de Tóquio, que controla estas ilhas do Mar da China Oriental sob o nome de Senkaku.

As relações entre ambas as potências se degradaram em 2012, quando Tóquio "nacionalizou" algumas dessas ilhas.

Por sua vez, o novo presidente americano, Donald Trump, ressaltou recentemente seu apoio ao Japão nesta disputa territorial. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.