China exige fim de espionagem americana no país

O presidente da China, Jiang Zemin, declarou nesta terça-feira que os Estados Unidos são os únicos responsáveis pela colisão em pleno vôo do avião de espionagem da Marinha americana com um caça-bombardeiro chinês, sobre o Mar do Sul da China. O acidente aconteceu no domingo, quando o EP-3 chocou-se com um caça chinês, e foi obrigado a fazer um pouso de emergência na base chinesa da ilha de Hainan. Os 24 tripulantes do EP-3 foram detidos por soldados chineses e recolhidos em um lugar desconhecido.O governo chinês exigiu o fim dos vôos americanos de reconhecimento no espaço aéreo da China. A exigência é uma condição para que sejam consolidadas as relações entre Washington e Pequim. ?Os Estados Unidos devem encerrar os vôos de seus aviões espiões sobre as costas chinesas se desejam evitar incidentes como o ocorrido no domingo passado?, disse Jiang.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.