China fecha 10 provedores da internet por conteúdo 'vulgar'

Milhares de páginas foram bloqueadas depois que a China iniciou campanha contra os conteúdos pornográficos

Efe,

01 de dezembro de 2009 | 02h17

O Centro sobre Informação Ilegal na Internet da China (CIIRC) fechou 10 provedores de serviços da internet por distribuir conteúdos pornográficos e vulgares, informou nesta terça-feira, 1º, agência oficial Xinhua.

 

Quatro dos provedores são da província de Xangai e dois da província de Jiangxi (no leste do país). Os outros quatro provedores tinham sedes em quatro províncias diferentes.

 

O Centro de Informação pediu aos usuários da internet que continuem informando sobre páginas da web que contenham este tipo de conteúdos.

 

A China iniciou em janeiro uma campanha global para acabar com os conteúdos pornográficos na internet. Milhares de páginas foram bloqueadas, e pelo menos 41 pessoas foram detidas.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinapornografiainternet

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.