China firmará novos pactos com Havana

O presidente chinês, Hu Jintao, tinha previsto chegar ontem à noite a Cuba para uma visita de Estado de dois dias, na qual planeja assinar com o presidente cubano, Raúl Castro, diversos acordos de cooperação entre os dois países comunistas. Esta é a segunda vez que Hu visita Cuba - a primeira foi em 2004, quando o volume de negócios entre os dois países era quatro vezes menor que o atual. Hoje, a China é o segundo maior parceiro comercial da ilha, com US$ 2,3 milhões negociados em 2007. As principais transações feitas por Havana no mesmo período foram com o governo da Venezuela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.