China indicia investigadores dos EUA e do Reino Unido

As autoridades chinesas indiciaram formalmente dois investigadores corporativos, uma norte-americana e um britânico, sob a acusação de obterem e venderem ilegalmente informações privadas.

AE, Agência Estado

14 de julho de 2014 | 00h25

A agência estatal Xinhua News afirmou que essa é a primeira vez que estrangeiros enfrentam tais acusações na China.

A reportagem afirmou que procuradores entraram com as acusações contra o investigador britânico Peter Humphrey e sua esposa, Yu Yingzeng, uma cidadã norte-americana, no Tribunal Intermediário Número 1 de Xangai.

A decisão abre caminho para o casal enfrentar um julgamento. A prisão dos dois no ano passado coincide com uma investigação chinesa contra a farmacêutica britânica GlaxoSmithKline. As autoridades investigam se a empresa subornou médicos e funcionários do governo para incentivar a venda de seus medicamentos.

A Glaxo disse ter contratado Yu e Humphrey no ano passado para investigar uma quebra de segurança envolvendo um dos principais gestores da empresa. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaeuareino unidoinvestigação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.