China investiga líder industrial e autoridade local por corrupção

O presidente de uma das principais fábricas automotivas estatais da China e uma importante autoridade de uma província estão sendo investigados por “violarem a disciplina partidária”, informou o Partido Comunista chinês neste domingo, empregando o seu costumeiro eufemismo para corrupção.

REUTERS

15 Março 2015 | 12h36

O presidente chinês, Xi Jinping, declarou guerra contra a corrupção em todos os níveis na China. Muitas autoridades têm sido atingidas pela campanha, inclusive o ex-chefe de segurança Zhou Yongkang.

Xu Jianyi, de 61 anos, presidente da estatal China FAW Group Corp, e Qiu He, de 58 anos, vice-líder do partido na província de Yunnan, estão sendo investigados por “violações graves da disciplina e das leis do partido”, disse a comissão de disciplina no seu site. Não houve maiores detalhes.

A FAW Group Corp tem parcerias com a Volkswagen, Toyota e GM na China.

(Reportagem de Benjamin Kang Lim)

Mais conteúdo sobre:
CHINA INVESTIGACAO CORRUPCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.