China lança método para aprender mandarim pela internet

O Governo chinês, interessado em difundir o mandarim pelo mundo e eliminar sua imagem de idioma complicado, acaba de lançar um portal de internet para que os estrangeiros possam aprendê-lo, informou hoje a agência oficial Xinhua. O portal, cujo nome ainda não foi apresentado e que começará a funcionar antes do fim do ano, foi criado pelo Escritório Nacional de Ensino de Chinês como Língua Estrangeira, conforme explicou um de seus responsáveis, Shao Yipeng.De acordo com Shao, mais de 30 milhões de pessoas de fora da China estudam mandarim, "e as aulas tradicionais não podem dar conta de tanta demanda" para estudar esta língua.A página oferecerá lições, exercícios, tutores, tudo em formato multimídia (incluindo áudio e vídeo) e com a finalidade de estender o uso de um idioma que, segundo os especialistas, é essencial, por exemplo, para fazer negócios com os empresários chineses.Outra iniciativa para difundir o idioma é a futura abertura de Institutos Confúcio em todo mundo. Há planos para construir unidades do instituto na Espanha, México, Argentina, Brasil, Chile e Peru.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.