China nega visto a campeão olímpico norte-americano

O patinador campeão norte-americano e medalha de ouro na Olimpíada de Inverno de Turim, em 2006, Joey Cheek, teve seu visto de entrada negado pelos chineses nesta quarta-feira, quando já se preparava para viajar a Pequim.Cheek é fundador do ''Time Darfur'', um grupo de atletas que realiza campanhas contra o massacre étnico praticado na guerra civil do Sudão, que já deixou pelo menos 200 mil mortos e 2,5 milhões de refugiados desde 2003. Em Pequim, pretendia chamar atenção para a relação entre o regime da China e do Sudão, apontado como responsável pelo genocídio étnico praticado na região de Darfur.O governo norte-americano pretende protestar contra a decisão chinesa de cancelar o visto de Cheek. A porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, afirmou que o presidente George W. Bush recebeu com desconforto a informação e enviou representantes para discutir o assunto com o governo de Pequim. "Nós esperamos que eles mudem sua posição", declarou Perino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.