China participará da reunião do G-8

A China confirmou na manhã desta quinta-feira sua participação na reunião do Grupo dos Oito (G-8), que reúne os países mais ricos do mundo, de 1 a 3 de junho em Evian, na França.Segundo o comunicado do governo chinês, o primeiro-ministro da França, Jean-Pierre Raffarin, convidou o presidente chinês, Hu Jintao, durante sua visita a Pequim. O governo francês afirmou que Hu Juntao não acompanhará as principais reuniões, mas se encontrará com líderes dos Estados Unidos e Japão e membros de outras economias em eventos paralelos.O G-8 é integrado por França, Estados Unidos, Japão, Alemanha, Itália, Rússia, Canadá e Grã-Bretanha. A Rússia, que é membro do grupo, conseguiu entrar para o G-8 depois de participar das reuniões como convidado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.