China pede que EUA não apóiem a independência de Taiwan

O legislativo chinês instou de novo os Estados Unidos a cumprir sua promessa de não enviar "sinais errados aos separatistas" que lutam pela "independência de Taiwan", informou nesta quarta-feira o jornal oficial China Daily.A mensagem foi feita durante uma reunião do Comitê de AssuntosExteriores da Assembléia Nacional Popular (ANP, principal órgãolegislativo) com nove membros do Comitê de Serviços Militares daCâmara de Representantes dos EUA.A delegação do Congresso, liderada por Roscoe Barlett, seencontra na China em uma visita amistosa de quatro dias na qual se reuniu com altos funcionários, entre eles o ministro da Defesa, Gao Gangchuan, e o vice-presidente do Comitê Permanente da ANP, Sheng Huaren.Os políticos chineses reiteraram à delegação que os EUA devem ser coerentes com seu compromisso com a política de "uma só China", que reconhece a ilha de Taiwan como parte da soberania chinesa.Mas ao mesmo tempo, Washington mantém um acordo com Taipé paraproteger a ilha em caso de ser atacada, em uma crise que secomplicou quando a China lançou em 2005 a Lei Anti-Secessão contra Taiwan, que legaliza o uso da força para impedir que a ilha se torne independente.Os congressistas americanos reiteraram que seu governo reconhecea soberania da China e que não desejam que se produza nenhuma crise no estreito de Taiwan.A reunião aconteceu depois que o presidente taiuanês, ChenShui-bian, emitisse uma dura mensagem contra Pequim em seu discurso de Ano Novo, no qual disse que a ilha "não pertence à China", uma mensagem condenada na terça-feira pelo governo comunista.Taiwan se separou da China em 1949, quando os nacionalistas dopartido Kuomintang perderam a guerra civil contra os comunistas de Mao Tsé-tung, e embora nunca tenha proclamado oficialmente sua independência, a chegada ao poder do pró-independentista Chen em 2000 bateu de frente com as esperanças de reunificação de Pequim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.