China permitirá mais liberdade ao uso da terra

A China permitirá que os produtores agrícolas negociem o uso de suas terras, como parte de esforços para que eles aumentem a escala de produção e com o objetivo de fornecer fundos para que eles comecem novos negócios, afirmou neste domingo a agência de notícias Nova China, citando um documento do Partido Comunista. Segundo o documento, o partido permitirá que os produtores arrendem terras contratadas e transfiram o direito de uso da terra. As transferências dos direitos de uso da terra deverão ser voluntárias, com pagamento adequado e realizadas de acordo com a lei. (Deise Vieira)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.