China permitirá multas mais pesadas a grandes poluidores

O Parlamento da China emendou a lei de proteção ambiental do país pela primeira vez em 25 anos ao aprovar mudanças que dão a possibilidade de organizações não-governamentais (ONGs) de meio ambiente exigirem que multas mais pesadas sejam aplicadas a grandes poluidores.

AE, Agência Estado

24 de abril de 2014 | 13h37

A aprovação das emendas conclui um vigoroso debate entre formuladores de política, acadêmicos e ativistas, que se estendeu pelos últimos dois anos.

As emendas abrem o caminho para novos regulamentos que deverão exigir proteção maior do ar, água e solo da China. A lei vai entrar em vigor em 1º de janeiro de 2015, segundo a agência de notícias oficial Xinhua. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinapoluidoresmultaslei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.