China precisa de remédio e verba

O governo chinês defendeu ontem o direito de cada país decidir que tipo de ajuda deseja receber da comunidade internacional em casos de catástrofes naturais. O porta-voz da chancelaria chinesa, Qin Gang, destacou a importância dos equipamentos médicos e remédios que recebe para socorrer as vítimas do terremoto.Segundo Pequim, a China não precisa de especialistas estrangeiros para trabalhos de resgate, mas de doações em dinheiro e equipamentos para remover entulho. O governo congelou temporariamente os preços dos produtos básicos nas áreas afetadas pelo tremor, pois eles tiveram aumentos de até 200%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.