China prende 96 pessoas por leite contaminado

A polícia chinesa prendeu 96 pessoas por misturar leite em pó com o aditivo tóxico melamina, informou a agência estatal de notícias Xinhua nesta quinta-feira, a mesma substância química que matou diversos bebês em um escândalo de leite em pó em 2008.

REUTERS

13 de janeiro de 2011 | 09h42

Em julho do ano passado, amostras de leite em pó encontrados nas províncias de Gansu e Qinghai, no noroeste da China, tinham níveis de melamina até 500 vezes maior que o limite permitido, ressaltando a falta de fiscalização para a segurança alimentar no país.

Entre os presos, 17 foram condenados, incluindo duas pessoas que foram condenadas à prisão perpétua, disse a Xinhua, citando um comunicado da Comissão de Segurança Alimentar do Estado.

(Reportagem de Sui-Lee Wee e Sabrina Mao)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINALEITECONTAMINACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.