China pretende enviar filósofo ao espaço

A terceira missão tripulada chinesa, atualmente em preparação, poderá contar com a participação de um filósofo, anunciou nesta quinta-feira Sun Laiyan, principal diretor da agência espacial da China. "Um vôo espacial ajudará os pensadores a desenvolver novas visões filosóficas, e isso seria bom para a humanidade", argumentou Sun Laiyan, responsável pela Administração Nacional do Espaço da China. Pensadores puramente teóricos poderiam acompanhar engenheiros e cientistas, acrescentou Sun, entrevistado pelo site oficial do governo chinês (www.gov.cn). A China está concluindo os preparativos para a missão Shenzhou VII, que deverá ser lançada em 2007. Os astronautas deverão sair da nave para passeios espaciais, o que representaria um marco na história da corrida espacial chinesa. Antes desta missão, a China planeja lançar sua primeira missão não tripulada à lua, com o veículo espacial Chang´E.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.